Clube da Aposta Clube da Aposta menu  

Scalping ou Swing Trade: qual é a melhor estratégia para trading esportivo?

Autor
Por Vinícius Bretz

Faça parte da maior comunidade de apostas on-line do Brasil

Qual é a melhor estratégia para trabalhar o mercado do trading esportivo: Scalping vs Swing trading? Muitos se perguntam qual é mais rentável e quais são as diferenças na prática.

Neste artigo, nós vamos abordar e entender estes dois conceitos, a diferença entre eles e, no fim, vamos concluir qual é melhor para trabalhar.

No vídeo abaixo, eu deixo alguns exemplos na prática de como operar com as duas estratégias. Saca só:

Faça parte da Comunidade Under!

A Comunidade Under é um projeto do Clube da Aposta que visa ajudar os traders esportivos a explorar o mercado de menos gols no trading esportivo. Além do acompanhamento de jogos ao vivo com especialistas, você também terá acesso ao EV+, o nosso treinamento avançado de trading esportivo. Clique no botão abaixo para conhecer a Comunidade Under:

O que é Scalping?

Scalping

Tanto o Scalping, quanto o Swing Trade, são termos utilizados e trazidos do mercado financeiro. Basicamente tem a mesma ideia do mercado de trading tradicional, o financeiro, mas com algumas características bem peculiares no mercado da bolsa esportiva.

O Scalping é uma estratégia que consiste em operações rápidas. Este é o principal intuito dela. A ideia aqui é ficar o menor tempo possível de exposição dentro do mercado, pegando 1, 2, 3 ticks de lucro e fechando a posição de forma muito rápida.

Muitas vezes, propomos um preço no mercado, eles buscam a correspondência do nosso dinheiro e logo em seguida já colocamos pra fechar.

Nessa técnica, abrimos e fechamos posições várias e várias vezes durante a partida, porém de forma muito rápida, nos expondo ao mínimo dentro de uma partida.

Vantagens do Scalping

A grande vantagem dessa técnica é a baixa exposição no mercado. Como as entradas são rápidas, torna-se mais improvável que aconteça algo contra a nossa posição — como um gol contra ou uma expulsão.

Também reduzimos o risco de uma grande correção contra a nossa aposta, algo natural pelo mesmo motivo anterior: o baixo tempo de permanência no mercado.

Desvantagens do Scalping

Quando olhamos para o Scalping, a estratégia parece infalível. Eu entro, pego alguns ticks, e ganho meu dinheiro. No entanto, sabemos que não funciona dessa maneira simplista na prática.

Para começar, cada gol sofrido pode trazer um alto prejuízo. Ou seja, precisamos de muitos acertos para compensar cada erro. O ganho por operação, portanto, é baixo.

Há também uma necessidade de ter uma streaming bem ajustada. E, para o mercado de Under Limite, por exemplo, não servem as transmissões das casas de apostas. Nós precisamos de uma ferramenta paga.

O que é o Swing Trade?

Swing Trade

Já o Swing Trade tem uma ideia um pouquinho diferente do tradicional Scalping. Na estratégia de trabalhar essa operação, a ideia aqui já é pegar uma maior variação de odds dentro do mercado, ficando um pouco mais exposto nesta posição, porém, obtendo lucros melhores em cada entrada.

No Swing Trade normalmente vamos escolher um melhor momento da partida para efetuarmos nossa entrada, de acordo com a estratégia que estivermos trabalhando, normalmente baseado em uma leitura de mercado, leitura de jogo, ou até mesmo os dois, para pegar uma variação de ticks que vai ocorrer uma correção de preço naquele determinado instante do jogo.

No vídeo acima o Vini mostra na prática a diferença dessas duas operações trabalhando o mercado do Under Limit, mas que funciona em qualquer outro mercado da Betfair.

Vantagens do Swing Trade

O primeiro ponto do Swing Trade é que a relação entre acerto e erro é melhor do que no Scalping. Como a exposição é maior, afinal, a tendência é encontrar lucros maiores também se você for um bom trader.

Outro ponto atrativo é a streaming para acompanhar os jogos. Como vamos ficar mais expostos no mercado, não há problema com dois ou três segundos de atraso.

Desvantagens do Swing Trade

Por outro lado, se há maior exposição, podemos dizer então que o risco do Swing Trade é maior do que o Scalping. A chance de sofrer um gol é claramente maior.

Além disso, o fator emocional pesa mais. Isso porque, aumentando o tempo da posição no mercado, temos que estar preparados para lidar com esse fator enquanto o jogo acontece.

Qual é melhor, Scalping ou Swing Trading?

Não existe mercado melhor, estratégia melhor, ou qualquer outra coisa neste sentido. Dentro da maior bolsa esportiva do mundo, para trabalhar o trading esportivo, o melhor vai ser aquela operação, estratégia ou mercado, no qual você mais se identifica e mais confortável fica para trabalhar.

Estando confortável, com identificação e sabendo o que tem que ser feito em cada clique, este será o melhor mercado ou estratégia para ser utilizada, por você! O mais importante, é saber encaixar nas suas operações o melhor momento para se aplicar cada uma dessas estratégias.

Temos que aplicar e focar naquilo que somos bons! Para uns, o Scalping pode ser melhor, para outros o Swing, para tantos outros o melhor pode ser trabalhar os dois em determinados momentos do jogo.

Uma sugestão é começar pelo Scalping, pela maior velocidade das operações. Depois, conforme adquirir experiência, você pode testar o Swing Trade também.

E aí, agora que você já sabe a diferença entre Scalping vs Swing Trade, qual você prefere? Deixa aqui nos comentários a sua opinião. 😉

Ev Mais
Curso.png

Aprenda a apostar agora!

Cursos Gratuitos sobre apostas esportivas.

Escrito por

Autor
Vinícius Bretz

Me chamo Vinícius Bretz, moro em Belo Horizonte – MG, nascido em 1986. Graduado em Redes de Computadores, atuava na área de TI desde 2004, até novembro de 2016, quando passei me dedicar somente ao Trading Esportivo. Sou proprietário do site http://www.gramadosvirtuais.com.br no qual são realizados torneios de futebol virtual nacionalmente. Sou cruzeirense, apaixonado por futebol e sempre tive o sonho de trabalhar com este esporte. E foi com o Trading Esportivo, que encontrei essa oportunidade. Venho atuando na Betfair desde 2015 e foi depois dos 6 primeiros meses que comecei a me encontrar no mercado, depois de fazer o curso do Clube da Aposta. Nos primeiros anos, me especializei em scalping e swing trade no mercado de gols, fazendo under e under limit na Betfair. No ano de 2017, comecei a estudar mais o mercado das Match Odds e também o mercado de tênis. O Trading Esportivo não é para mim só um trabalho, é uma paixão na qual posso tirar um valor financeiro em cima disso e hoje, sou realizado com o que faço.

> Veja outros artigos criados por Vinícius Bretz
Newsletter
Newsletter

Receba o melhor conteúdo sobre Apostas Esportivas On-line direto na sua caixa de email

Ganhe dinheiro copiando e colando as apostas dos nossos especialistas!